Vice-presidente do Brasil defende a reforma administrativa

Geraldo Alckmin – Foto: Diogo Zacarias/MF

“Reforma administrativa deve se fazer para adequar o tamanho do Estado. Já foram feitas as reformas previdenciária e trabalhista”, disse.

O vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Geraldo Alckmin (PSB), afirmou que, para atrair os investimentos, o Brasil precisa avançar em vários aspectos, entre eles, a reforma administrativa. Alckmin discursou antes de um almoço com representantes do comércio, na Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil, em Brasília (DF), na última segunda-feira (13).

O vice-presidente afirmou que o “custo Brasil”, a reforma administrativa e a desburocratização são “gargalos” do país. Ao citar a necessidade de “adequar o tamanho do Estado”, o vice ainda afirmou as reformas previdenciária e trabalhista – a última feita durante o governo de Michel Temer (MDB) – é combativa em diversos pontos pelo PT. “Reforma administrativa deve se fazer para adequar o tamanho do Estado. Já foram feitas as reformas previdenciária e trabalhista”, discursou o vice.

Fonte: CNN

Comunicação/Cal/Pública/2023

Rolar para cima