José Gozze recebe presidentes da AOJESP e da AFOJEBRA na sede da Pública

Foto: José Gozze, Cássio Ramalho, Mário Medeiros e a Dra. Andreia Munemassa, Jurídico da Pública. 

O presidente da Pública Central do Servidor, José Gozze, recebeu na tarde de quarta-feira, (5/7), na sede da entidade em Brasília, os presidentes Cássio Ramalho do Prado, da Associação dos Oficiais de Justiça do Estado de São Paulo – AOJESP e Mário Medeiros Neto, da Associação Federal dos Oficiais de Justiça – AFOJEBRA. 

Gozze deu as boas-vindas à AOJESP, a mais nova filiada da Pública e durante a reunião debateram sobre a prejudicial desjudialização da execução civil, sobre o PL 4188/2021, que está em trâmite sem que tenha sido sequer debatido na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) ou objeto de audiência pública.

A boa notícia é que após a aprovação do texto pela CAE do Senado, ocorrida pela manhã, após seguir para votação à noite, (5/7), a emenda 47 (desjudicialização da execução civil) acabou sendo retirada do PL 4188/21, concedendo uma vitória muito esperada. O PL que sofreu alterações do que havia sido aprovado pelos deputados, retorna à Câmara para nova análise.

Contudo a categoria se manterá mobilizada, pois há a proposta de que a emenda 47 seja aproveitada no PL 6204/2019, da senadora Soraya Thronicke (Podemos-MS), já sob relatoria do senador Marcos Rogério (PL-RO) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

O presidente Gozze parabeniza os representantes dos Oficiais de Justiça pela primeira vitória, advinda após intensas mobilizações. 

Comunicação/Cal/Pública/2023 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*