9 de Julho: Dia da Luta Operária homenageia seis personalidades

Seis personalidades com histórico de vida relacionado à defesa das causas sociais e do movimento operário brasileiro serão homenageadas no Dia da Luta Operária (9 de julho) em 2023.

O Dia da Luta Operária foi instituído pela lei municipal (nº 16.634/17) de autoria do ex-vereador Donato (PT), em memória da paralisação de 1917.

São elas: a militante Ana Dias, o jornalista Sérgio Gomes, o bancário Dirceu Travesso, o professor João Felício, o metalúrgico José Ibrahim e o também professor Oswaldo Barros. Ana Dias e Sérgio Gomes receberão o Troféu José Martinez. O troféu homenageia o sapateiro anarco-sindicalista José Martinez que no dia 9 de julho de 1917, foi baleado e morto por soldados da antiga Força Pública na paralisação que tomou conta de várias empresas em SP e que é considerada a primeira greve geral do Brasil. Dirceu Travesso, João Felício, José Ibrahim e Oswaldo Barros (todos falecidos) receberão, através de seus familiares, placas em agradecimento pela dedicação à luta dos trabalhadores.

Vale ressaltar que a iniciativa é das centrais sindicais: CSP-Conlutas, CSB, CTB, CUT, UGT, Força Sindical, NCST, Pública e Intersindical Instrumento de Luta e Organização da Classe Trabalhadora, em parceria com o mandato do deputado estadual Donato (PT). Participam da organização do evento o Centro de Memória Sindical, o Instituto Astrojildo Pereira e o IIEP – Intercâmbio Informações Estudos Pesquisas.

Agenda:

Dia de Luta Operária – 9 de Julho 2023

Local: Galpão do MST, Alameda Eduardo Prado, 474, Campos Elíseos, São Paulo (SP)

Horário: 9 horas

No link abaixo, Informações sobre o Ato e Homenageados:

https://memoriasindical.com.br/formacao-e-debate/ativistas-serao-homenageados-no-9-de-julho-dia-da-luta-operaria/

Comunicação/Cal/Pública/2023 

Rolar para cima