O deputado Rogério Correia destrincha o caso das joias recebidas por Bolsonaro

Os deputados federais Rogério Correia (PT-MG) e Tulio Gadelha (Rede-PE) protocolaram no dia 8/3 um pedido de abertura de Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar a entrada irregular no Brasil de joias por parte do governo do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

Os parlamentares afirmam que “diversos agentes públicos incorreram em tentativas de burlar os procedimentos legais no intuito de liberar as joias apreendidas junto à Receita Federal”.

Na análise dos deputados, ficou demonstrada a intenção de “apropriação do bem por meio das instituições governamentais, de forma desvirtuada e para benefício próprio”.

Agora, destrinchando o caso das joias e o depoimento do ex-presidente Jair Bolsonaro à PF, Rogério destaca que o ex-presidente ainda esconde muitos “mimos” que nos custaram a refinaria Landulfo Alves. Ele ressalta ainda que foram cometidos ao menos três crimes: improbidade administrativa, peculato e descaminho.

Assista abaixo o vídeo na íntegra 👇

Rogério Correia, vice-líder do governo Lula na Câmara. 

Comunicação/Cal/Pública/2023 

 

Rolar para cima