Pública – Frente Parlamentar Mista do Serviço Público entrega abaixo assinado contra PEC-32

Nesse momento um importante ato acontece em Brasília em frente ao Anexo 2 da Câmara dos Deputados para a entrega do abaixo-assinado da Frente Parlamentar Mista do Serviço Público pela Suspensão da PEC 32.

Deputado Rogério Correia – Foto Pública Central do Servidor

A Pública Central do Servidor se mantém presente em consonância com a Frente em defesa dos ssrviços públicos, dos servidores, do Brasil e para derrotar uma proposta que aposta no retrocesso do Brasil e seus brasileiros.

O Estado brasileiro vem sofrendo toda violência e o desmonte está sendo pensado justamente para desvalorizar as lutas contra a assistência social, contra a saúde e em prol do sistema financeiro.

O desemprego, as famílias cada vez mais pobres e a fome aumentando em função das dificuldades impostas pelo desemprego. Num momento em que o governo precisava entregar a sua população proteção contra as injustiças, contra uma pandemia que vem impondo as maiores dificuldades e a morte para um número cada vez maior de brasileiros.

Esse ato de entrega do abaixo-assinado é mais um grito contra as malvadezas de um governo insensível com os trabalhadores através de uma reforma administrativa cruel e que inspira a união das entidades representativas dos servidores públicos, esses que entregam os serviços mais importantes para a população.

Abaixo a fala da Deputada Federal Alice Portugal em seu discurso contra a PEC 32 em frente ao Congresso Nacional no ato dessa manhã (9/6).

Deputada Federal Alice Portugal em seu discurso contra a PEC 32

Os direitos de servidores públicos e de toda a população está em jogo e o Estado Brasileiro precisa dessas vozes e de todos os esforços para não vêem seus direitos derreterem diante dos olhos. O ataque à estabilidade dos servidores é o ensaio para tornar os serviços públicos ineficientes e terceirizados.

Os parlamentares têm um papel importante nessa representação, aliados aos movimentos de rua e debates importantes para a grande pressão contra os que trabalham contra a sociedade brasileira.

Fala de Parlamentares e líderes sindicais no ato de entrega do abaixo-assinado contra a PEC 32.

Tudo isso ainda vivendo a preocupação com o Coronavírus, com uma mobilização que luta contra a terceirização da Educação e reiterando a campanha de pressão no período de eleição que se avizinha (2022), chamando os representantes do povo brasileiro à responsabilidade para se posicionarem contra uma agenda severa contra o Brasil e seus brasileiros.

Comunicação/Cal/Pública/2021

 

Rolar para cima