Pública e demais Centrais instituem 7 de agosto como “dia nacional de luta” em defesa da vida

A Pública Central do Servidor e demais Centrais Sindicais decidem se unir contra os desmandos do governo federal com relação à Saúde, que já se aproxima ao número de 100 mil óbitos.

O que ficou decidido?

  • Definir 7 de Agosto como o dia Nacional de Luta em Defesa da Vida
  • Repudiar a iniciativa de prefeitos e governadores que já planejam e até fixaram data para retorno presencial dos alunos às aulas. Atitude que os iguala ao genocida Bolsonaro.
  • Exigir das autoridades os equipamentos de proteção individual e coletivo para os trabalhadores das categorias essenciais, em especial dezembro de 2020;
  • Ampliação das parcelas do seguro desemprego;
  • Liberação de crédito para as micro e pequenas empresas;
  • Fortalecimento do SUS (Sistema Único de Saúde);

Abaixo o link com a íntegra da Nota

NOTA DAS CENTRAIS

Comunicação/Cal/Pública/2020 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*