Pública e Judiciário de São Paulo assinam moção em apoio ao Judiciário Carioca

A Pública Central do Servidor se soma à Entidades do Judiciário de SP, manifestando apoio à greve dos judiciários cariocas em “defesa da vida”, decidida em assembleia online no último dia (29/6), quando já estava prevista para a flexibilização em etapas no funcionamento do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ).

O judiciários apontam para as limitações com relação às condições insalubres para atender ao público, principalmente nesse período em que a Pandemia ainda faz muitas vítimas, sendo o atendimento ao público um grande risco para a população carioca.

Segundo fontes os serventuários continuarão a fazer o seu trabalho no sistema home office, precavendo-se assim de ajudar a agravar o quadro de infectados e mortos que em todo o Brasil que em números atualizados às 13h00 (3/7) se soma 1.508.991 diagnósticos confirmados e 62.304 mortes.

Em nota, o Tribunal de Justiça do Rio disse que Sindjustiça-RJ entrou com ação no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) com pedido de liminar para impugnar o Ato Normativo Conjunto 25/2020, que trata do plano de retorno programado das atividades presenciais do Judiciário. Segundo o TJ, o pedido do sindicado foi indeferido e o CNJ determinou a elaboração de um manual de segurança sanitária.

Abaixo, o link do documento

Mocao_rj

Assinam essa moção:

 

Comunicação/Cal/Pública/2020

 

 

 

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*