ANFIP lança publicação sobre projeção atuarial e impactos da PEC 6/2019

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 6/2019, que faz uma profunda e desastrosa reforma da Previdência, se aprovada pelo Congresso Nacional, trará impactos devastadores no principal sistema de proteção social do brasileiro, a Previdência Social.

Para propiciar a reflexão sobre o assunto e impulsionar a pressão social, a ANFIP e a Fundação ANFIP, em parceria com a pesquisadora e economista Denise Gentil, divulgam importante Nota Técnica – Uma Contribuição à Avaliação das Inconsistências do Modelo de Projeção Atuarial do Governo Federal e dos Impactos de Exclusão Social da PEC 06/2019, que, na ausência de dados, parâmetros e métodos oficiais, e diante da negativa do governo em fornecê-los, apresenta as inconsistências da projeção atuarial do governo e os impactos sociais decorrentes da PEC 6/2019.

“A sociedade, em razão do pretendido, está prestes a sofrer profundas transformações no seu modelo de proteção social mais expressivo. Caso nada seja feito para impedir ou minimizar esse fato, a Previdência Social pública está na iminência de sair dos mandamentos constitucionais para entrar num capítulo trágico da história do Brasil”, diz o documento.

Leia esse importante estudo, baixe aqui.

A Pública mantém-se presente e atenta à divulgação de informações sobre os impactos da reforma da Previdência na vida dos Servidores Públicos e de toda a sociedade brasileira.

Fonte: ANFIP

Pública/Comunicação/2019

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*