Pública Central do Servidor reúne diretoria executiva.

Diretoria executiva da Pública Central do Servidor se reuniu na tarde de ontem (18/6), trazendo pautas relevantes para a sequência de trabalho da nova gestão. O Presidente Gozze convocou a reunião para tratar, desde a avaliação do andamento da grande luta contra a reforma da Previdência, da greve geral do último dia 14/6 que teve uma participação expressiva da Pública em todas as regiões, até as prioridades com relação ao trabalho que visa novas filiações.

Foram debatidas também as estratégias de divulgação, a busca por parcerias e convênios, a continuidade nas visitas realizadas no último mês ao Congresso Nacional, oportunidades em que Gozze e equipe apresentaram a Pública aos líderes da Câmara dos Deputados e do Senado.

Os diretores presentes foram unânimes na importância do agendamento de encontros com entidades nacionais, confederações e federações, além do estreitamento com as diretorias das Públicas regionais, forjando unidade nas ações em favor dos servidores públicos.

Participaram da reunião, além do Presidente Gozze, os diretores Hugo René de Souza (SINFFAZFISCO), Rodrigo da Rocha Rodrigues (SINDIPÚBLICOS), Silvia Helena de Alencar Felismino (FEBRAFISCO), Angela Lobo Costa (ATENS) e Paulo Sebastião Gonçalves Olympio (ANSJ).

A Pública, junto com suas entidades filiadas e com outras entidades de grau superior, vão continuar na atuação de convencimento dos parlamentares para que a reforma da Previdência seja abortada ou mesmo que pontos importantíssimos de modificações, tanto do regime geral como regimes próprios de previdência sejam modificados. Se essa reforma passar o Brasil vai ficar mais desigual e mais pobre.

Comunicação/Pública.



Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*