A PÚBLICA, Central dos Servidores Públicos apoia e participa da Greve da Educação

Invariavelmente o governo Bolsonaro demonstra total desatenção aos anseios de brasileiros que precisam de uma Educação forte, acessível e sem as retaliações que vem recebendo.

Pela perspectiva do governo federal as universidades não passam de Campus de “balburdia” e um dos alvos prediletos para o corte de verbas, sentindo-se ameaçadas e entendendo que se não seguirem a “cartilha” serão atingidas pelas decisões equivocadas de um governo descompromissado com a Educação.

Fica cada vez mais claro que as universidades serão as frentes de resistência aos desmandos e descuidos das políticas do governo que demonstra desconhecimento do que representa a universidade em seu maior significado.

Só a educação, em todos os graus, constrói um País grande, justo e humano. Infelizmente o governo brasileiro trabalha na desconstrução da educação, admite e demite ministros que pouco ou quase nada conhecem do assunto, prega uma escola sem diversidade, acusa os educadores e prega dissidência entre alunos e professores. Por fim, apresenta uma proposta de reforma da previdência onde todos serão prejudicados, retirando dos professores e educadores direitos de cátedra e de vida. Apoio total da PÚBLICA à greve na Educação, contra a Reforma da Previdência e por uma educação de qualidade.

Pública/Comunicação

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*