Reorganização da Frente paranaense de entidades de carreiras de estado e servidores em defesa da Previdência

O plano de ação foi pré-definido e uma nova reunião acontecerá na próxima quarta-feira (17) 

Na manhã desta quarta-feira (10), o presidente do Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita do Estado do Paraná (Sindafep), Wanderci Polaquini, participou da primeira reunião de reorganização da Frente Paranaense de Entidades de Carreiras Típicas de Estado e Servidores em Defesa da Previdência, que ocorreu na Associação dos Magistrados do Paraná (AMAPAR).  A Frente articula um posicionamento contrário ao modelo de Reforma da Previdência apresentada pelo governo, Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 6/2019, através das lideranças de carreiras típicas do nosso estado. Certos de que sozinhos não conseguiremos barrar essa proposta tão prejudicial para os auditores fiscais, servidores públicos e todos os brasileiros.  “Talvez estejamos subestimando o nosso poder de convencimento como servidores públicos sobre a Previdência. Hoje nós temos um governo que não tem coragem de cobrar impostos de quem sonega, mas cobra dos mais pobres. O maior poder de enfrentamento da Reforma é o setor público, inclusive pelo conhecimento que deve ser levado para toda a sociedade”, ressaltou Wanderci.  Na reunião, foram definidos os próximos passos a serem dados: a elaboração de uma Carta Aberta de todas as entidades paranaenses direcioanada aos prefeitos do Paraná, o trabalho de corpo a corpo para o convencimento dos deputados estaduais, o trabalho de conscientização das bases sobre os pontos prejudiciais da Reforma da Previdência e ações de comunicação visando esclarecer a sociedade sobre danos da reforma. Estuda-se ainda a convocação de uma Audiência Pública na Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP) para debater o tema.

Além do presidente do Sindafep, estiveram presentes na reunião o presidente da AMAPAR, juiz Geraldo Dutra de Andrade Neto, o vice-presidente, juiz Helio Cesar Engelhardt, e o ex-presidente, juiz Frederico Mendes Júnior; o procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho do Paraná (MPT/PR), Gláucio Araújo de Oliveira, representando a Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT); o representante da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), delegado Ivan Ziolkowski; o presidente do Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais (Sinprf/PR), Sidnei Nunes de Souza; o conselheiro deliberativo e ex-presidente do Sindicato dos Servidores do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (Sindicontas/PR), Cesar Augusto Vialle; o presidente do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Sindifisco Nacional/DS Curitiba), Celso José Ferreira de Oliveira, e o vice-presidente, o AFRFB Fabio Eduardo Scarabelot; a vice-presidente da 4º Região da Associação dos Juízes Federais do Brasil (AJUFE), Patrícia Helena Daher Lopes Panasalo; o Diretor de Comunicação da Agência Confraria, que coordena o Movimento Todos Brasil Contra o Fim da Aposentadoria, Gláucio Dias; e o presidente do Sindicato dos Peritos Oficiais e Auxiliares do Paraná (Sinpoapar), Alexandre Brondani. Com o plano de ação já pré-definido, uma nova reunião acontecerá na próxima semana – dia 17 de abril, às 13h30 –, para a aprovação de um Plano Estratégico de Comunicação, voltado principalmente para as redes sociais, com o intuito de conscientizar a população dos perigos apresentados pela PEC 6/2019. A Página “Todos contra o fim da aposentadoria”, criada em 2017 com o apoio do Sindafep e em articulação com centrais sindicais, será uma das ferramentas utilizadas para combater a Reforma da Previdência.

Fonte: Sindafep

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*